quarta-feira, 4 de julho de 2018

Gastronomia e Museus: Vinho Massa e Polenta


O inverno gaúcho normalmente é associado aos prazeres da mesa e do vinho, uma memória afetiva que tem origem nos primórdios da colonização gaúcha, onde a produção agrícola está intimamente ligada ao sustento das famílias e ao desenvolvimento econômico de nosso estado.
Para comemorar o inverno, o Museu Julio de Castilhos se conectou com o Museu Municipal de Caxias do Sul, o Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami e o Museu do Imigrante de Bento Gonçalves,  de onde vieram históricas fotografias  destes acervos,  enfocando principalmente a produção do vinho e a vida dessas famílias pioneiras.
Da parte  de nossa instituição, pinçamos objetos que se integram a este cotidiano colonial, como um  arrolhador,  um rústico espremedor de frutas e alguns outros objetos da  intimidade destas famílias, como o ferro de passar roupas a carvão.
Esta exposição é parte de um roteiro histórico-cultural  compartilhado com as instituições museológicas de Caxias do Sul e Bento Gonçalves, que realizam as exposições
 “Gastronomia e Museus: Diálogos entre Bento e Caxias”.
O Museu Municipal de Caxias do Sul apresentará  acervos, saberes e sabores ligados ao trigo, e o Museu do Imigrante de Bento Gonçalves, ao milho. A expografia remeterá ao espaço mais afetivo da casa dos primeiros imigrantes italianos: a cozinha.
As três exposições têm por objetivo promover o diálogo histórico sobre a produção, circulação e consumo dos alimentos oriundos da farinha de trigo e de milho, característicos da cultura local nos primórdios da colonização italiana em Caxias do Sul e Bento Gonçalves e a transversalidade do vinho como elo social em Porto Alegre.







e em Caxias...