quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O Museu Julio de Castilhos no PAC das Cidades Históricas


Restauração do Museu Júlio de Castilhos está entre os projetos selecionados

Uma das ações da Secretaria-Geral de Governo, por intermédio da Coordenação Executiva de Acompanhamento dos Programas Federais (Ceprofe), auxiliou a inclusão de projetos de recuperação de acervos do patrimônio histórico-cultural de Porto Alegre no Programa PAC Cidades Históricas, medida recentemente anunciadas peo Governo Federal.
“A Equipe da Ceprofe, ao tomar conhecimento de que o Governo do Estado estava preparando o encaminhamento de uma operação de crédito, coordenada pela Secretaria da Fazenda, para fazer frente às contrapartidas de obras do PAC no RS, solicitou formalmente a inclusão dos projetos do PAC Cidades Históricas e teve sua proposta aceita”, explica o diretor Francisco Jorge Vicente. A Lei 14.181/2012, autorizando a operação de crédito junto a órgãos financiadores de obras relacionadas ao PAC, foi publicada no Diário Oficial do Estado, no final do ano, dando garantias de execução e beneficiando a preservação do patrimônio histórico.
Os recursos serão destinados para preservação de acervos administrados pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Porto Alegre, como a Praça da Matriz, o Monumento a Júlio de Castilhos e o Viaduto Otávio Rocha. Também estão incluídos o Museu Júlio de Castilhos e o Palácio Santo Meneghetti, conhecido como Palacinho, que atualmente abriga o Gabinete da Primeira-Dama do Estado, Sandra Genro, e que abrigará uma Fototeca. Recentemente, por indicação feita pela SGG/Ceprofe de programa com recurso disponível no SICONV, o Governo do Estado inscreveu proposta para captar recurso, via convênio, para concretizar este projeto.
O diretor do Ceprofe destaca as ações desenvolvidas pela Secretaria de Cultura do Estado, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae) e Gabinete da Primeira Dama, quanto ao desenvolvimento do projeto de restauração do Palacinho.