quarta-feira, 18 de abril de 2012

Semana Missioneira destaca contribuição indígena

          O Dia do Índio, que acontece na próxima quinta-feira, 19 de abril, também marca o inicio da 2ª edição da Semana Missioneira. O evento, que se estende até o dia 25 de abril em diversos municípios do Rio Grande do Sul, tem como objetivo celebrar a contribuição cultural dos guaranis ao Estado e a experiência histórica das Missões. Segundo o gestor do Instituto Pró Memória Missioneira, Emiliano Limberger, a semana também pretende despertar a conscientização sobre a importância dessa herança, resgatar a cultura guarani-missioneira, ajudar os remanescentes a viver dignamente e desfazer equívocos históricos. 
          Para isso, foi elaborada uma programação que inclui várias ações envolvendo diretamente a comunidade. A agenda inclui apresentações artísticas, exposições, palestras, debates, demonstrações de experiências agrícolas, celebrações de missas, cavalgadas e desfiles. A semana é promovida pelo Instituto Pró Memória Missioneira e Instituto Pró Memória Sepé Tiaraju, com o apoio da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF). 
Mais informações sobre a Semana Missioneira no site:
www.semanamissioneira.art.br 

Museu expõe acervo guarani 
          Quem quiser saber mais sobre a história dos índios no nosso Estado pode visitar a Sala Indígena do Museu Julio de Castilhos, em Porto Alegre. No local, um acervo reúne objetos dos primeiros indígenas que habitaram o Rio Grande do Sul, pertencentes a três tradições distintas. Da tradição Umbu, caçadores-coletores do pampa, encontram-se expostos utensílios de pedra, como facas, pontas de flecha e de lanças, moedores. Da tradição Humaitá, machados de pedra, em forma de bumerangues, raspadeiras, pontas de flechas e de lanças. E da tradição Sambaqui, objetos de pedra, como esculturas em formas de animais (zoólitos), fusiformes, pesos de rede, raspadeiras, além de adornos em ossos e conchas. O acervo do Museu possui, também, instrumentos de trabalho, adornos e cerâmicas dos índios Guaranis e objetos de caça. Além desse espaço, o Museu apresenta a exposição temporária “Guarani Kaingáng e Xokleng Memórias e Atualidades ao Sul da Mata Atlântica”, composta por objetos e imagens contemporâneos desses grupos.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA MISSIONEIRA

19 de abril – Quinta-feira - 9h30min - Abertura com a participação de lideranças guaranis - Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul - Porto Alegre
- 10h - Curso sobre Guarani - Porto Alegre
- 11h - Pedido de perdão ao povo guarani - Cripta da Catedral (carrancas) - Porto Alegre
- Apresentação do coral Curumin-guarani - Porto Alegre
- 11h45min – Abertura do sítio missioneiro – Porto Alegre
- 11h45min - Tendas missioneiras, literatura e apresentações artísticas Cerimônia do Envio Oratório Guarani/Sanga da Bica e plantio de erva-mate – São Gabriel
- 19h30min – Largada da bicicletada juvenil e cavalgada Sepé – São Gabriel

20 de abril – Sexta-feira - 9h30min – Ruína Redução Santana – placa histórica em Passo de São Lourenço – Cachoeira do Sul

21 de abril – Sábado - 9h – Missa Missioneira – Arroio Santa Cruz – Tabai
- 9h – Sessão de filmes – Museu Julio de Castilhos – Porto Alegre
- 11h – Lançamento Remanso Cavalo Velho/ Morto dos Cavalos – Paverama
- 15h – Cavalgada para Vera Cruz – Rio Pardo
- 19h – Encontro de lideranças guaranis – antigo seminário – Rio Pardo
- 18h – Sessão de filmes – Museu Julio de Castilhos – Porto Alegre

22 de abril – Domingo - 9h – Translado estátua missioneira com fixação cruz missioneira – Candelária
- 9h - Seminário “Toponímico” – Museu Julio de Castilhos – Porto Alegre
- 17h – Cavalgada para Vera Cruz

23 de abril – Segunda-feira - 9h – Desfile de gado orelhano e ervateira na praça central – São Nicolau
- 11h – Tombamento das ruínas UNESCO/IPHAN – São Nicolau
- 17h - Visitação a placa histórica – São Lourenço
- 18h – Colocação de mensagem no cabildo (casa paroquial na época das Reduções) – São Luiz Gonzaga
- 19h – Colocação de mensagem no cabildo - Santo Angelo
- 20h – Seminário “Desfazendo equívocos” - Santo Ângelo

24 de abril – Terça-feira - 18h - Colocação de placa histórica – Câmara de Vereadores de São Borja

25 de abril – Quarta-feira Encerramento com homenagem ao Padre Cristovão
- 14h – Chegada da cavalgada e bicicletada juvenil – Tabai/Paverama
- 14h15 – Chegada das caravanas guaranis - Tabai/Paverama
- 14h45 min - Cerimônia de plantio de árvores frutíferas nativas, estaqueamento da capela e colocação de cruz missioneira - Tabai/Paverama
- 15h45min – Missa missioneira – Cachoeira do Sul