quarta-feira, 7 de março de 2012

Gênero, Etnia e Cultura


Contextualizando os dia 8 e 21 de março
Existe uma história do povo negro sem o Brasil, mas não existe uma história do Brasil sem o povo negro...
Januário Garcia

Um olhar de reflexão sobre o dia 21 de março nos remete aos idos de 1960 quando em Johanesburgo, capital da África do Sul, 20 mil negros protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular... Pois é, uma data que marcou para sempre o repensar do negro em todo mundo a partir da violência das tropas do exercito daquele país. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, quando a passeata passava pelo bairro de Shaperville, os soldados dispararam contra os manifestantes, matando 69 pessoas e ferindo outras 186.
Dentre os meses que ficaram marcados como símbolos de resistência, o mês de março, com os dias 8 e 21 (dia das mulheres e dia internacional de combate ao racismo) são datas muito significativas, para o movimento social organizado. Além de marcar o início do ano administrativo celebra dois momentos de profunda reflexão para os ativistas sociais.
A Secretaria de Estado da Cultura - RS (SEDAC) através da Coordenação da Diversidade Cultura e da Coordenação de Culturas Populares, setores da Diretoria de Cidadania Cultural em ação compartilhada com o Museu Júlio de Castilhos, legitimando estas datas históricas promove um “Encontro com Mulheres Artistas Negras” dia 20 de a partir das 18:30h, no auditório do Museu Júlio de Castilho, Rua Duque de Caxias, 1205, Porto Alegre – RS.
Dentre as convidadas estão: Vera Lopes – atriz e militante do movimento negro, Joice Mara Veiga – cantora e diretora da ONG Axé, Carla Pires – professora de dança e dirigente do Grupo de Dança e Teatro Brasil Estrangeiro, Roberta de Deus – carnavalesca e dirigente da Escola de Samba Bamba da Orgia, Tania Reis – produtora cultural e empresária. O encontro terá como mediadora Lanna Campos – coordenadora da Diversidade Cultural – Diretoria da Cidadania Cultural (DCC/SEDAC).
Encerramento do evento as 21h00 com Coquetel e show musical.


realização: Diretoria da Cidadania Cultural / Secretaria da Cultura
Coordenação da Diversidade Cultural
Coordenação das Culturas Populares
parceria: Museu Julio de Castilhos